• +(21) 99639-3362
  • contato@guilhermekroll.com

The Goodwife (1a temporada – box)

The Goodwife (1a temporada – box)

The Good Wife é um série de televisão estadunidense que estreou na CBS em 22 de setembro de 2009.[1] Criado por Robert King e Michelle King, os mesmos criadores de In Justice, é estrelado por Julianna Margulies, Christine Baranski e Chris Noth em um papel recorrente. Robert e Michelle produzem o seriado ao lado dos irmãos Ridley e Tony Scott, Charles McDougall e David W. Zucker.[2] Em 7 de outubro de 2009, a CBS renovou o seriado para uma temporada completa, estendendo a primeira temporada de 13 para 23 episódios. No Brasil, o seriado estreou em 9 de novembro de 2009 no Universal Channel. O programa foi recebido com grande quantidade de elogios de críticos e com inúmeros prêmios.

Em 7 de fevereiro de 2016, a emissora CBS anunciou por meio de um comercial durante o intervalo do Super Bowl que a sétima temporada seria a última da série. O último episódio foi ao ar em 7 de maio de 2016.[3]

Um remake sul coreano foi exibido pelo canal tvN em 2016.

A série centra-se em Alicia Florrick (Julianna Margulies), cujo marido Peter Florrick (Chris Noth), promotor do estado de Condado de Cook, foi preso depois de um escândalo envolvendo sexo com prostitutas e corrupção. Depois de ter passado 13 anos como uma mãe atenciosa e dona-de-casa, Alicia retorna ao seu antigo trabalho como advogada – devido a prisão do marido – e fica com a responsabilidade de criar os seus dois filhos.[4] A série foi parcialmente inspirado no escândalo de prostituição envolvendo o ex-governador de Nova Iorque, Eliot Spitzer,[5] bem como outros escândalos sexuais proveniente de políticos norte-americanos, particularmente os de John Edwards e Bill Clinton

Personagens e elenco
Os Florrick
Alicia Florrick (Julianna Margulies) – a esposa de um decadente promotor; Alicia retorna ao seu antigo trabalho de advogada júnior. Ela tenta conciliar sua vida profissional e familiar com o escândalo envolvendo seu marido. No meio do escândalo que sua vida se torna, Alicia volta a sentir interesse amoroso pelo seu chefe, Will Gardner, que estudou com ela na mesma universidade e foram namorados.
Peter Florrick (Chris Noth) – marido de Alicia, promotor do Condado de Cook e atual governador de Chicago. Passou um período preso devido a um suposto escândalo de corrupção, porém mais tarde é novamente eleito promotor e governador posteriormente.
Grace Florrick (Makenzie Vega) – filha de Alicia e Peter Florrick. Extremamente religiosa e aspirante à ativista dos Direitos Humanos. Sonha em ser advogada como a mãe.
Zachary “Zach” Florrick (Graham Phillips) – filho de Alicia e Peter Florrick. É um geek genuíno. Já ajudou diversas vezes à mãe a resolver alguns casos na L&G
Jackie Florrick (Mary Beth Peil) – mãe de Peter e sogra de Alicia. Jackie não acredita que o filho seja culpado e acredita que Alicia e Peter irão se reunir e formar uma família novamente. Ela tenta, em várias ocasiões, conseguir que os netos visitem o pai na cadeia
Lockhart & Gardner
Will Gardner (Josh Charles) – É um dos sócios de um prestigioso escritório de advocacia, Stern/Lockhart & Gardner, e um dos melhores advogados de Chicago. Foi amigo e é apaixonado por Alicia desde a faculdade, ajudou Alicia recomeçar a carreira depois do escândalo com o marido. E Will a Alicia tiveram um romance na terceira temporada. Desenvolve um desgosto por Alicia após descobrir que ela fundou um escritório por suas costas, acreditando que ela tentara roubar seus clientes.
Diane Lockhart (Christine Baranski) – sócia sênior do escritório de advocacia que contrata Alicia. Fina, virtuosa e inteligente. Diane é taxativa e eficaz no que faz, sempre fechando os casos com elegância e graça.
Kalinda Sharma (Archie Panjabi) – a investigadora particular da firma. Kalinda havia trabalhado anteriormente com Peter Florrick, que a demitiu
David Lee (Zach Grenier) – um advogado excêntrico e perspicaz. Extremamente focado no dinheiro, David Lee é implacável em suas tentativas de ganhar casos e atingir seus objetivos de formas nada ortodoxas.
Cary Agos (Matt Czuchry) – um advogado júnior, admitido na mesma época que Alicia. No primeiro episódio é dito que só há uma vaga permanente para o cargo, colocando Cary em competição com Alicia. Só que Alicia ganha a competição e Cary vira promotor. Após algum tempo Cary volta para a Lockhart & Gardner e monta um motim para roubar os clientes da firma e montar a Florrick/Agos & Associados.
Promotoria do condado de Cook
Glenn Childs (Titus Welliver) – ex-promotor do Condado de Cook. Foi o responsável pelo vazamento da fita de sexo de Peter Florrick à imprensa
Matan Brody (Chris Butler) – um dos promotores do Condado que foi contratado por Peter quando ele ainda era o Promotor
James Castro (Michael Cerveris) – Atual promotor do condado de Cook.
Equipe de Peter Florrick
Eli Gold (Alan Cumming) – chefe da campanha de Peter para o posto de promotor
Elsbeth Tascioni (Carrie Preston) – advogada de Peter em substituição a Daniel Golden, que assumiu um posto no governo do presidente Barack Obama
Kya Poole (Francie Swift) – assessora responsável pela imagem de Peter
Daniel Golden (Joe Morton) – advogado e um dos membros da equipe de Peter
Outros
Detetive Anthony Burton (James Carpinello) – detetive de homicídios da polícia local com ligações amorosas com Kalinda
Agente Lana Delaney (Jill Flint) – agente do FBI que ajudou Kalinda em algumas investigações
Louis Canning (Michael J. Fox) – Canning é um advogado rival que tem sido o conselheiro de oposição para Alicia em vários casos. Canning é afligido com discinesia tardia, o que muitas vezes ele usa para angariar simpatia com os juízes, júris, e testemunhas.

“Targets” — Alicia joins a secret panel of attorneys advising the U.S. government on a controversial case. Also, Eli hires Elsbeth Tascioni (Carrie Preston) to uncover why the FBI is targeting Peter, on THE GOOD WIFE, Sunday, Feb. 21 (9:00-10:00 PM, ET/PT) on the CBS Television Network. Julianna Margulies as Alicia Florrick Photo: Jeff Neumann/CBS ©2015 CBS Broadcasting, Inc. All Rights Reserved

1