• +(21) 99639-3362
  • contato@guilhermekroll.com

Bonsucesso x MEFC – 27dez17 – Bacaxá

O Passo S

“Um time para ser campeão tem que saber sofrer”. Essa frase foi dita pelo super-técnico Josué Teixeira na preparação da equipe do Macaé Esporte para a Primeira Fase do Campeonato Carioca 2018. E no jogo contra o Bonsucesso, quarta-feira passada em Bacaxá, o time macaense demonstrou seu enorme caráter.

Mesmo jogando com um jogador a menos em grande parte do segundo tempo (o volante Anderson foi expulso ao levar seu segundo cartão amarelo), os comandados do professor Josué Teixeira demonstraram aplicação tática, atuaram com segurança, tiveram no goleiro Andrey uma retaguarda fundamental para a vitória, obtiveram a segunda conquista em igual número de jogos disputados, e assumiram a liderança da fase que vai determinar quais equipes atuarão em busca do título máximo da competição.

O goleiraço Andrey (campeão mundial sub-20, com a Seleção Brasileira) mereceu elogios de todos os presentes no estádio do Boavista.

O lateral-direito Marcelo anotou, de falta, o único gol do confronto.

A zaga, composta por Admilton e Luis Felipe, teve uma atuação segura e memorável. Charles, Lepu, Accioli (que entrou no segundo tempo, e demonstrou uma atitude exemplar), Matheus Oliveira e Alex foram outros grandes destaques na sensacional vitória macaense.

O próximo passo do Macaé Esporte será dado em Cabo Frio, dia 6 de janeiro. A volta do craque Pipico pode ser a grande novidade do lider do campeonato. O goleiro Juninho (ex-Mogi) e o zagueiro Igor João (ex-Remo) devem estar regularizados no Bira da Ferj.

“Ainda tem gente não dando o braço a torcer que 30 dias foi o tempo ideal de preparação para essa fase. Estamos crescendo a cada dia. O Josué (Teixeira, técnico do time) é muito estudioso. O padrão tático do Macaé é diferenciado. O jogador que acreditar, e se aplicar, tem o caminho aberto para grandes atuações”, declarou Guilherme Kroll, gerente de futebol, que é oriundo do basquete (aonde atingiu a Calçada da Fama do Flamengo e dirigiu a Seleção Brasileira de Base por 4 anos). “No basquete, todos conhecem e reverenciam o sistema de triângulos do Phil Jackson. Essa tática levou o Chicago Bulls e o Michael Jordan à grandes conquistas. Estou vendo algo semelhante no futebol do Macaé Esporte. Temos 2 triângulos funcionando. Um em cada lado do campo. Fixo mesmo, temos a zaga, o primeiro volante, e o centroavante. Os demais se movimentam demais. Tenho convicção que vamos brilhar até o final do campeonato”.

Bonsucesso 0 x 1 Macaé Esporte – Estádio Elcyr Resende (Bacaxá, RJ) – 27 de dezembro de 2017 – 2a. rodada da 1a. fase do Campeonato Carioca 2018

Fotos de Guilherme Kroll

Futrio

Relações de Macaé Esporte e Bonsucesso (27 de dezembro de 2017) – em Bacaxá (Estádio Elcyr Resende)

 

 

 

Fiel Turismo – Viagem para Araruama e Bacaxá – 26 e 27 de dezembro de 2017

com Luciano Sousa, fisiologista do Macaé Esporte

Ver a Vista Hotel (Araruama, RJ) – Concentração para o jogo contra o Bonsucesso, em Bacaxá (26 e 27 de dezembro de 2017)

O segundo passo foi dado. Uma grande vitória sobre o Bonsucesso colocou o Macaé Esporte na liderança da Primeira Fase do Campeonato Carioca, com 6 pontos ganhos em igual número de pontos disputados.
Uma vitória com muito sofrimento. Um grande time tem que saber sofrer. Jogamos com um jogador a menos (o volante Anderson foi expulso no início do segundo tempo), e soubemos defender com galhardia e contra-atacar com eficiência.
Nosso preparo passou, mais uma vez, por uma logística exemplar. Uma viagem confortável no excelente ônibus da Fiel Turismo (o ar condicionado estava no ponto certo) e uma hospedagem / alimentação de nível no lindo Ver a Vista Hotel, em Araruama.
Vamo que vamo… a caminho do terceiro passo… que será dado em Cabo Frio, no dia 6 de janeiro de 2018.

 

Futrio: Com um a menos, Macaé segura Bonsucesso e vence segunda na Seletiva

Marcelo, de falta, fez o gol solitário do encontro que coloca Alvianil na ponta

Autor: Léo Pinheiro / Fotos: Bruninho Volotão

O Macaé venceu a segunda na Seletiva do Campeonato Carioca e o resultado veio na raça. O time do Norte Fluminense bateu o Bonsucesso por 1 a 0, com gol de falta anotado por Marcelo, e um homem a menos na reta final do segundo tempo. Anderson foi expulso, gerando a desvantagem numérica. O goleiro Andrey foi o destaque durante o período de pressão do adversário. O resultado deixa o Alvinail na ponta da tabela – com seis pontos – e com a classificação à fase principal mais próxima.

Na sequência da fase preliminar do Estadual o Bonsucesso, que estacionou nos três pontos, visita o Resende no dia 7 de janeiro, às 16h, no Estádio do Trabalhador. Já o Macaé segue sendo visitante. O desafio da vez será em Cabo Frio, no Correão, onde enfrentará a Cabofriense, no dia 6 de janeiro, também às 16h.

Goleiros se destacam, mas Macaé sai na frente com Marcelo

Na etapa inicial os goleiros foram os principais jogadores das equipes. O primeiro a aparecer de maneira contundente foi Léo Flores. Ele conseguiu segurar a pressão inicial do Macaé, que, mais organizado, ofereceu perigo em finalização de Lepu e cabeçada de Admilton, ambas salvas pelo camisa 1 do time da Leopoldina. O experiente arqueiro só não conseguiu prever a cobrança de falta fechadinha de Marcelo que abriu o placar.

O gol deu mais tranquilidade ao Macaé, que tirou o pé do acelerador. O Bonsucesso, aos poucos, começou a crescer no jogo. Foi quando Andrey ganhou importância na partida. Primeiro ao evitar cabeçada de Lucas Tavares. Depois ao ajudar em lance que terminou com Matheus Salgado sendo bloqueado na área, em chute de perna direita, logo a mais fraca do camisa 10 do Rubro-Anil. Depois, Andrey foi arrojado ao pegar finalização de Mauro Silva, próximo ao final do primeiro tempo.

Matheus Pimenta entra, consegue expulsão do Macaé, mas Cesso não supera Andrey

Na volta do intervalo os jogadores do Bonsucesso falavam em jogar, ter a posse de bola. A primeira chance foi com Mauro Silva. O volante usou o potente chute de perna direita e parou no travessão de Andrey. A resposta do Macaé veio com Neto, que em oportunidade clara, chutou para fora. O jogo permanecia equilibrado até que Matheus Pimenta entrou no jogo e mudou o panorama ofensivo do Cesso.

Liso, Pimenta partiu pra cima dos aversários. E foi em um lance individual que conseguiu a expulsão de Anderson, pelo segundo cartão amarelo. Com um a mais o Bonsucesso partiu para cima em busca do empate. Carlos Alberto, outra opção vinda do banco, quase igualou em cobrança de falta, especialidade do meia. Nos minutos finais, a pressão do Cesso foi aumentando, mas a falta de tranquilidade no terço final fez diferença e o Macaé assegurou o triunfo.

A partida
Bonsucesso 0x1 Macaé – Carioca Série A, 2ª rodada da 1ª fase – 27/12/2017 às 16h

Estádio Elcyr Resende de Mendonça (Saquarema – RJ)
Árbitro: Rafael Martins de Sá
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Thiago Rosa de Oliveira

Bonsucesso: Léo Flores; Yago, Felipão (Leandro Chaves, 11’/2ºT), Lucas Tavares e Jeanderson; Filipe Silva, Mauro Silva e Matheus Salgado (Matheus Pimenta, 11/2ºT); Miguel, Bruno Luiz (Carlos Alberto, 28’/2ºT) e Deyvison. Técnico: Marcelo Salles.

Macaé: Andrey; Admilton, Luis Felipe e Charles; Marcelo, Lepu, Anderson, Diego Sales (Accioli, 15’/2ºT) e Matheus; Alex (Círio, 44’/2ºT) e Neto (Luan, 28’/2ºT). Técnico: Josué Teixeira.

Cartões amarelos: Matheus Salgado e Miguel (BON); Anderson e Alex (MAC)

Cartão vermelho: Anderson, 30’/2ºT (MAC)

Gol: Marcelo, 22’/1ºT (0-1)

Público: 94 pagantes (126 presentes)
Renda: R$ 1.250,00

Bonsucesso x Macaé Esporte – Programação e Room List

Rádio FERJ – Bonsucesso x Goytacaz – 27 de dezembro de 2017 – Estádio Elcyr Resende (Bacaxá, RJ)

MEFC x Bonsucesso – Cotações / Cardápio

1