• +(21) 99639-3362
  • contato@guilhermekroll.com

Taça Rio – 19 fev 18

Macaé Esporte 1 x 0 Flamengo

filho do Carlinhos Ganjão com o presente do Rodrigo Caetano

Relação do Flamengo

Vasco 2 x 1 Macaé Esporte – São Januário (Rio de Janeiro, RJ) – 01 de março de 2018 – Taça Rio – 1a rodada

Acompanho todos os treinamentos do Macaé Esporte e sou testemunha da excelência tática defensiva implantada pelo professor Josué Teixeira. Na semana do jogo contra o Vasco, em São Januário, a equipe macaense beirou a perfeição. O selecionamento dos atletas para exercer as determinadas funções também é preponderante. Alguns jogadores de menor aplicação, ou velocidade, perdem espaço.

Para melhorar ainda mais seu trabalho, Josué investiu num software que simula situações reais de jogo.

Na concentração no dia do jogo, no Ramada Encore, na Barra da Tijuca, houve uma simulação das inúmeras situações prováveis (e até das improváveis) que poderiam acontecer no jogo da noite. A verdade é que o Macaé Esporte foi extremamente bem preparado para São Januário, enfrentar um dos gigantes do futebol brasileiro, que recentemente conquistou vaga na Copa Libertadores da América, e que é dirigido por um dos melhores técnicos brasileiros da atualidade (Zé Ricardo).

Dominamos completamente o primeiro tempo, anulamos as principais jogadas vascaínas, e após um passe magistral do lateral-direito Marcelo, e de uma bela arrancada do Lepu, o volante Charles, de dentro da área, marcou o primeiro gol do jogo. Fomos para o vestiário vencendo por 1 x 0, e terminamos o jogo sem nenhuma grande defesa do nosso goleiro.

Tomamos 2 gols em bolas aéreas, que não vinham sendo a força vascaína. A primeira, de uma bola cruzada sem grandes pretensões, e a segunda, aos 51 minutos do segundo tempo, quando toda a pressão estava contra nós.

Alías, todos concordam que não se deve fazer ‘cera’ nos acréscimos. Muitos criticaram nosso bom goleiro Matheus por ter caído nesse período. É importante esclarecer o seguinte: quem estava sentindo muita dor era o nosso zagueiro. Ele caía para que os nosso zagueiro pudesse ter atendimento sem ser substituído. Simples assim. Não foi culpa dele. Foi fatalidade.

Agora teremos duas decisões. Temos que demonstrar valor. Nesse domingo, em Cabo Frio. Quarta-feira, em Macaé, contra o Volta Redonda. Queremos o G-8. Temos trabalho e mérito para isso.

Tabela de Jogos da Taça Rio 2018

1