• +(21) 99639-3362
  • contato@guilhermekroll.com

Teatro Municipal

Aarhon Pinheiro no Teatro Municipal de Macaé: Uma Hora em Uma Hora

Uma Hora em Uma Hora

O stand up comedy do Aarhon Pinheiro no Teatro Municipal de Macaé, nessa quarta-feira, Dia Internacional da Mulher, teve o nome de ‘5 Minutos em Uma Hora’. Para falar a verdade, não entendi bem o nome do espetáculo, assim como não entendi a razão da letra H no meio do seu nome.

Iuri Salvador

Iuri Salvador

Aarhon explicou, no stand up, que seu nome era coisa de pobre. Essa explicação não cabe para o nome do show. O certo é que se ri durante todo a apresentação.

Escrachado, sem figurinos (com exceção de uma peruca ridícula e de um simulador bizarro de órgão genital masculino), com muitas caretas e, principalmente, com uma platéia extremamente interativa, as gargalhadas fluiram por mais de uma hora.

Por falar nisso, o comediante Iuri Salvador abriu a programação e demonstrou enorme valor.

Macaé é carente de uma agenda cultural de mais peso. Pelo menos nessa quarta-feira, ninguém pode reclamar. Beth Goulart e Clarice Lispector no Sesi, produzindo uma longa viagem ao mundo feminino, e Aarhon e Iuri provocando gargalhadas para a galera mais descolada.

Ricardo Badaró no Teatro Municipal de Macaé / Pré-Lançamento do CD – Participações Especiais: Amanda Amado e Andréia Martins – 01 nov 17

Meu retorno à Macaé não poderia ter sido mais mágico.
Uma noite em que o mais difícil foi ficar sentado no Teatro Municipal. Muito samba de qualidade com Ricardo Badaró (participações mais que especiais de Amanda Amado e Andréia Martins), ao lado do mago Robson Farah.
Para completar a magia, ganhei a rifa do Bendito Cacao, e pude subir ao palco para abraçar o Badaró.
Macaé transpira talento e, assim como o Rio de Janeiro, só perde quem fica em casa…

 

 

Rifas

ganhei a rifa do Bendito Cacao

Fotos de Raphael Bózeo

 

1