• +(21) 99639-3362
  • contato@guilhermekroll.com

Resende x MEFC – 13 jan 18

Resende 0 x 1 Macaé Esporte

Gaia Grill (Barra Mansa, RJ) – Refeições do Macaé Esporte (hospedado no Ano Bom Palace Hotel) – Concentração para a decisão contra o Resende (Seletiva 2018)

Resende 0 x 1 Macaé Esporte – A Volta dos Que Não Foram…

Resende 0 x 1 Macaé Esporte – A Volta Dos Que Não Foram…

Um site esportivo anunciou que o Macaé Esporte voltou para a elite do futebol carioca. Como assim?

Só se for a “volta dos que não foram”…

Como dizem os torcedores de vários clubes: “Time grande não cai…”

A verdade é que o Macaé disputa, há mais de 10 anos, a fase principal do campeonato mais charmoso do Brasil.

“Todos foram heróis nessa conquista, mas existem 2 personagens que se destacam: o Presidente Mirinho e o super-técnico Josué Teixeira”, declarou o gerente de futebol, Guilherme Kroll.

“Nosso presidente teve a consciência de que a primeira entrada financeira seria na época da primeira rodada da Seletiva. Programou 30 dias de testes e treinamentos para que não houvesse atraso nos pagamentos.

A manutenção do Josué Teixeira (que sempre realizou grandes trabalhos no Macaé Esporte) foi a chave do sucesso. Trabalhamos com um elenco enxuto, sem a necessidade de perca de tempo com observações e peneiras.

A escolha do plantel foi outro grande acerto. O Mirinho tem uma cabeça privilegiada. Ele conhece futebol de forma diferenciada. Conhece profundamente grande parte dos jogadores profissionais do futebol brasileiro. E sabe contratar. Ele é um vereador de 10 mandatos (1 como suplente). Infelizmente, está sem mandato. A situação seria bem melhor se ele estivesse na ativa.

O Macaé foi à Resende com 6 jogadores oriundos da base (Matheus Babi, Charles, Luan, Henrique, Lepu e Alex). O Círio foi descoberto no Serra Macaense. Temos projetos na Lei de Incentivo ao Esporte. Queremos estruturar melhor o futebol macaense. Tudo é muito caro. Precisamos de parceiros nessa empreitada. Tenho convicção de que nosso Sub-20, sob o comando do Vandinho, do Ferreira, e do Quarenta, com muitos atletas da região, vai fazer bonito nessa temporada”, prosseguiu Kroll.

Ontem, no Estádio do Trabalhador, em Resende, o Macaé Esporte provou que só dependia das próprias forças, e conseguiu a vantagem num gol contra da zaga do adversário, após um excelente lançamento do lateral-esquerdo Matheus Oliveira, que originou uma entrada faltosa do goleiro do Resende no artilheiro Matheus Babi. O árbitro optou por observar a vantagem no lance, e a bola foi parar no fundo da rede.

O Goytacaz derrotou o Bonsucesso por 3 x 1, em Bacaxá, e terminou a fase com 10 pontos ganhos. A Cabofriense perdeu para o América, em Edson Passos, e também finalizou com 10 pontos.

O Macaé Esporte, ao derrotar o Resende por 1 x 0, também fechou com 10 pontos. O saldo de gols foi determinante.

“O importante é que estamos na Fase Principal do Cariocão-2018. Quarta-feira, estrearemos em Conselheiro Galvão (16:30 horas), enfrentando o Madureira. Sábado, pegaremos o Boavista, em Bacaxá.

Na próxima semana, receberemos o Botafogo, no Moacyrzão. Espero que o estádio esteja liberado na sua totalidade de público.

Falei, antes do início da competição, que esses 5 jogos serviriam de pré-temporada para a fase seguinte. Claro que isso foi um exagero, mas tenho certeza de que estamos bem preparados. Além disso, o Mirinho ainda vai surpreender com contratações pontuais”, finalizou Kroll.

1